Ano XIV
Pargos e pontes, que sei eu?




Editorial

Blogues

  • A casa improvável

  • À esquina da tecla

  • A Irmandade do Éter

  • A Porta Nobre

  • About Portugal

  • Abrupto

  • Agence eureka

  • Agenda do dia

  • Aguasdosul

  • Alberto Velho Nogueira - Homem à Janela

  • ALerNavios

  • Aliás

  • Almada Virtual Museum

  • Almanak Silva

  • Alvor-Silves

  • Apeadeiro das Virtudes

  • Aquela Música do Anúncio...

  • Aubade

  • Barra de ferro

  • Bic Laranja

  • Blog de Albergaria

  • Bonecos de bolso

  • Caderno de Viagem

  • Camafunga

  • Caminhos de Ferro Vale da Fumaça

  • Chiqsland Corporation

  • Coisa de gordo

  • Confessionário de um Padre

  • Da Rússia

  • Das palavras o espaço

  • De Rerum Natura

  • Debaixo dos arcos

  • Der Terrorist

  • Desenhos de Luís Ançã

  • Diário de Bordo

  • Dias que voam

  • Do Porto e não só...

  • Do Tempo da Outra Senhora

  • Dragoscópio

  • Fábulas

  • Fiel Inimigo

  • Física na Veia!

  • Forum ilha das Flores

  • Fragmagens

  • Gerotempo

  • Girassol Falante

  • Glosa Crua

  • Horas extraordinárias

  • Ié-ié

  • Impertinências

  • Incursões

  • Indústrias Culturais

  • Intimista

  • Irritado

  • João Freitas Farinha - Fotografia

  • Katia Maia

  • Kyrie Eleison

  • Linguagista

  • Local & Blogal

  • Lugares Esquecidos

  • Malomil

  • Margens de erro

  • Massa com cenas

  • Memórias…e outras coisas...

  • Meu Bazar de Idéias

  • Murcon

  • Nãocoisas à vista

  • Navegantes ao Mar

  • Nesta hora

  • Notas de Circunstância 2

  • Old Beef Traquinoy Company

  • Olhares Cruzados

  • Ouriquense

  • Paulinho Assunção

  • Ponteiros parados

  • Porto Sombrio

  • Praça da República

  • 4R - Quarta República

  • Restos de Colecção

  • Retalhos de Bem-Fica

  • Retratos de Portugal

  • Retrovisor

  • Ruas de Lisboa com alguma história

  • Ruin'Arte

  • Ruminaçœs Digitais

  • Sai-te daqui

  • Sorumbático

  • Stars & Mythical Creatures

  • Tapornumporco

  • Torrada e meia de leite

  • Travessa do Fala-Só

  • Umbigo do Sonho

  • Viajar e Descobrir

  • Ylang - Ylang


  • Arquivo morto

  • 10 Agosto 2003
  • 17 Agosto 2003
  • 24 Agosto 2003
  • 14 Setembro 2003
  • 21 Setembro 2003
  • 28 Setembro 2003
  • 12 Outubro 2003
  • 19 Outubro 2003
  • 26 Outubro 2003
  • 02 Novembro 2003
  • 09 Novembro 2003
  • 16 Novembro 2003
  • 23 Novembro 2003
  • 30 Novembro 2003
  • 07 Dezembro 2003
  • 14 Dezembro 2003
  • 21 Dezembro 2003
  • 28 Dezembro 2003
  • 04 Janeiro 2004
  • 11 Janeiro 2004
  • 18 Janeiro 2004
  • 25 Janeiro 2004
  • 01 Fevereiro 2004
  • 08 Fevereiro 2004
  • 15 Fevereiro 2004
  • 22 Fevereiro 2004
  • 29 Fevereiro 2004
  • 07 Março 2004
  • 14 Março 2004
  • 21 Março 2004
  • 28 Março 2004
  • 04 Abril 2004
  • 11 Abril 2004
  • 18 Abril 2004
  • 25 Abril 2004
  • 02 Maio 2004
  • 09 Maio 2004
  • 16 Maio 2004
  • 23 Maio 2004
  • 30 Maio 2004
  • 06 Junho 2004
  • 13 Junho 2004
  • 20 Junho 2004
  • 27 Junho 2004
  • 04 Julho 2004
  • 11 Julho 2004
  • 18 Julho 2004
  • 25 Julho 2004
  • 01 Agosto 2004
  • 08 Agosto 2004
  • 15 Agosto 2004
  • 22 Agosto 2004
  • 29 Agosto 2004
  • 05 Setembro 2004
  • 12 Setembro 2004
  • 19 Setembro 2004
  • 26 Setembro 2004
  • 03 Outubro 2004
  • 10 Outubro 2004
  • 17 Outubro 2004
  • 24 Outubro 2004
  • 31 Outubro 2004
  • 07 Novembro 2004
  • 14 Novembro 2004
  • 21 Novembro 2004
  • 28 Novembro 2004
  • 05 Dezembro 2004
  • 12 Dezembro 2004
  • 19 Dezembro 2004
  • 26 Dezembro 2004
  • 02 Janeiro 2005
  • 09 Janeiro 2005
  • 16 Janeiro 2005
  • 23 Janeiro 2005
  • 30 Janeiro 2005
  • 06 Fevereiro 2005
  • 13 Fevereiro 2005
  • 20 Fevereiro 2005
  • 27 Fevereiro 2005
  • 06 Março 2005
  • 13 Março 2005
  • 20 Março 2005
  • 27 Março 2005
  • 03 Abril 2005
  • 10 Abril 2005
  • 17 Abril 2005
  • 24 Abril 2005
  • 01 Maio 2005
  • 08 Maio 2005
  • 15 Maio 2005
  • 22 Maio 2005
  • 29 Maio 2005
  • 05 Junho 2005
  • 12 Junho 2005
  • 19 Junho 2005
  • 26 Junho 2005
  • 03 Julho 2005
  • 10 Julho 2005
  • 17 Julho 2005
  • 24 Julho 2005
  • 31 Julho 2005
  • 07 Agosto 2005
  • 14 Agosto 2005
  • 21 Agosto 2005
  • 28 Agosto 2005
  • 04 Setembro 2005
  • 11 Setembro 2005
  • 18 Setembro 2005
  • 25 Setembro 2005
  • 02 Outubro 2005
  • 09 Outubro 2005
  • 16 Outubro 2005
  • 23 Outubro 2005
  • 30 Outubro 2005
  • 06 Novembro 2005
  • 13 Novembro 2005
  • 20 Novembro 2005
  • 27 Novembro 2005
  • 04 Dezembro 2005
  • 11 Dezembro 2005
  • 18 Dezembro 2005
  • 25 Dezembro 2005
  • 01 Janeiro 2006
  • 08 Janeiro 2006
  • 15 Janeiro 2006
  • 22 Janeiro 2006
  • 29 Janeiro 2006
  • 05 Fevereiro 2006
  • 12 Fevereiro 2006
  • 19 Fevereiro 2006
  • 26 Fevereiro 2006
  • 05 Março 2006
  • 12 Março 2006
  • 19 Março 2006
  • 26 Março 2006
  • 02 Abril 2006
  • 09 Abril 2006
  • 16 Abril 2006
  • 23 Abril 2006
  • 30 Abril 2006
  • 07 Maio 2006
  • 14 Maio 2006
  • 21 Maio 2006
  • 28 Maio 2006
  • 04 Junho 2006
  • 11 Junho 2006
  • 18 Junho 2006
  • 25 Junho 2006
  • 02 Julho 2006
  • 09 Julho 2006
  • 16 Julho 2006
  • 23 Julho 2006
  • 30 Julho 2006
  • 06 Agosto 2006
  • 13 Agosto 2006
  • 20 Agosto 2006
  • 27 Agosto 2006
  • 03 Setembro 2006
  • 10 Setembro 2006
  • 17 Setembro 2006
  • 24 Setembro 2006
  • 01 Outubro 2006
  • 08 Outubro 2006
  • 15 Outubro 2006
  • 22 Outubro 2006
  • 29 Outubro 2006
  • 05 Novembro 2006
  • 12 Novembro 2006
  • 19 Novembro 2006
  • 26 Novembro 2006
  • 17 Dezembro 2006
  • 24 Dezembro 2006
  • 31 Dezembro 2006
  • 07 Janeiro 2007
  • 14 Janeiro 2007
  • 21 Janeiro 2007
  • 28 Janeiro 2007
  • 04 Fevereiro 2007
  • 11 Fevereiro 2007
  • 18 Fevereiro 2007
  • 25 Fevereiro 2007
  • 04 Março 2007
  • 11 Março 2007
  • 18 Março 2007
  • 25 Março 2007
  • 01 Abril 2007
  • 08 Abril 2007
  • 15 Abril 2007
  • 22 Abril 2007
  • 29 Abril 2007
  • 06 Maio 2007
  • 13 Maio 2007
  • 20 Maio 2007
  • 27 Maio 2007
  • 03 Junho 2007
  • 10 Junho 2007
  • 17 Junho 2007
  • 24 Junho 2007
  • 01 Julho 2007
  • 08 Julho 2007
  • 15 Julho 2007
  • 22 Julho 2007
  • 29 Julho 2007
  • 05 Agosto 2007
  • 12 Agosto 2007
  • 19 Agosto 2007
  • 26 Agosto 2007
  • 02 Setembro 2007
  • 09 Setembro 2007
  • 16 Setembro 2007
  • 23 Setembro 2007
  • 30 Setembro 2007
  • 07 Outubro 2007
  • 14 Outubro 2007
  • 21 Outubro 2007
  • 28 Outubro 2007
  • 04 Novembro 2007
  • 11 Novembro 2007
  • 18 Novembro 2007
  • 25 Novembro 2007
  • 02 Dezembro 2007
  • 09 Dezembro 2007
  • 16 Dezembro 2007
  • 23 Dezembro 2007
  • 30 Dezembro 2007
  • 06 Janeiro 2008
  • 13 Janeiro 2008
  • 20 Janeiro 2008
  • 27 Janeiro 2008
  • 03 Fevereiro 2008
  • 10 Fevereiro 2008
  • 17 Fevereiro 2008
  • 24 Fevereiro 2008
  • 02 Março 2008
  • 09 Março 2008
  • 16 Março 2008
  • 23 Março 2008
  • 30 Março 2008
  • 06 Abril 2008
  • 13 Abril 2008
  • 20 Abril 2008
  • 27 Abril 2008
  • 04 Maio 2008
  • 11 Maio 2008
  • 18 Maio 2008
  • 25 Maio 2008
  • 01 Junho 2008
  • 08 Junho 2008
  • 15 Junho 2008
  • 22 Junho 2008
  • 29 Junho 2008
  • 06 Julho 2008
  • 13 Julho 2008
  • 20 Julho 2008
  • 27 Julho 2008
  • 03 Agosto 2008
  • 10 Agosto 2008
  • 17 Agosto 2008
  • 24 Agosto 2008
  • 31 Agosto 2008
  • 07 Setembro 2008
  • 14 Setembro 2008
  • 21 Setembro 2008
  • 28 Setembro 2008
  • 05 Outubro 2008
  • 12 Outubro 2008
  • 19 Outubro 2008
  • 26 Outubro 2008
  • 02 Novembro 2008
  • 09 Novembro 2008
  • 16 Novembro 2008
  • 23 Novembro 2008
  • 30 Novembro 2008
  • 07 Dezembro 2008
  • 14 Dezembro 2008
  • 21 Dezembro 2008
  • 28 Dezembro 2008
  • 04 Janeiro 2009
  • 11 Janeiro 2009
  • 18 Janeiro 2009
  • 25 Janeiro 2009
  • 01 Fevereiro 2009
  • 08 Fevereiro 2009
  • 15 Fevereiro 2009
  • 22 Fevereiro 2009
  • 01 Março 2009
  • 08 Março 2009
  • 15 Março 2009
  • 22 Março 2009
  • 29 Março 2009
  • 05 Abril 2009
  • 12 Abril 2009
  • 19 Abril 2009
  • 26 Abril 2009
  • 03 Maio 2009
  • 10 Maio 2009
  • 17 Maio 2009
  • 24 Maio 2009
  • 31 Maio 2009
  • 07 Junho 2009
  • 14 Junho 2009
  • 21 Junho 2009
  • 28 Junho 2009
  • 05 Julho 2009
  • 12 Julho 2009
  • 19 Julho 2009
  • 26 Julho 2009
  • 02 Agosto 2009
  • 09 Agosto 2009
  • 16 Agosto 2009
  • 23 Agosto 2009
  • 30 Agosto 2009
  • 06 Setembro 2009
  • 13 Setembro 2009
  • 20 Setembro 2009
  • 27 Setembro 2009
  • 04 Outubro 2009
  • 11 Outubro 2009
  • 18 Outubro 2009
  • 25 Outubro 2009
  • 01 Novembro 2009
  • 08 Novembro 2009
  • 15 Novembro 2009
  • 22 Novembro 2009
  • 29 Novembro 2009
  • 06 Dezembro 2009
  • 13 Dezembro 2009
  • 20 Dezembro 2009
  • 27 Dezembro 2009
  • 03 Janeiro 2010
  • 10 Janeiro 2010
  • 17 Janeiro 2010
  • 31 Janeiro 2010
  • 07 Fevereiro 2010
  • 14 Fevereiro 2010
  • 21 Fevereiro 2010
  • 28 Fevereiro 2010
  • 07 Março 2010
  • 14 Março 2010
  • 21 Março 2010
  • 28 Março 2010
  • 04 Abril 2010
  • 11 Abril 2010
  • 18 Abril 2010
  • 25 Abril 2010
  • 02 Maio 2010
  • 09 Maio 2010
  • 16 Maio 2010
  • 23 Maio 2010
  • 30 Maio 2010
  • 06 Junho 2010
  • 13 Junho 2010
  • 20 Junho 2010
  • 27 Junho 2010
  • 04 Julho 2010
  • 11 Julho 2010
  • 18 Julho 2010
  • 25 Julho 2010
  • 01 Agosto 2010
  • 08 Agosto 2010
  • 15 Agosto 2010
  • 22 Agosto 2010
  • 29 Agosto 2010
  • 05 Setembro 2010
  • 12 Setembro 2010
  • 19 Setembro 2010
  • 26 Setembro 2010
  • 03 Outubro 2010
  • 10 Outubro 2010
  • 17 Outubro 2010
  • 24 Outubro 2010
  • 31 Outubro 2010
  • 07 Novembro 2010
  • 14 Novembro 2010
  • 21 Novembro 2010
  • 28 Novembro 2010
  • 05 Dezembro 2010
  • 12 Dezembro 2010
  • 19 Dezembro 2010
  • 26 Dezembro 2010
  • 02 Janeiro 2011
  • 09 Janeiro 2011
  • 16 Janeiro 2011
  • 23 Janeiro 2011
  • 30 Janeiro 2011
  • 06 Fevereiro 2011
  • 13 Fevereiro 2011
  • 20 Fevereiro 2011
  • 27 Fevereiro 2011
  • 06 Março 2011
  • 13 Março 2011
  • 20 Março 2011
  • 27 Março 2011
  • 03 Abril 2011
  • 10 Abril 2011
  • 17 Abril 2011
  • 24 Abril 2011
  • 01 Maio 2011
  • 08 Maio 2011
  • 15 Maio 2011
  • 22 Maio 2011
  • 29 Maio 2011
  • 05 Junho 2011
  • 12 Junho 2011
  • 19 Junho 2011
  • 26 Junho 2011
  • 03 Julho 2011
  • 10 Julho 2011
  • 17 Julho 2011
  • 24 Julho 2011
  • 31 Julho 2011
  • 07 Agosto 2011
  • 14 Agosto 2011
  • 21 Agosto 2011
  • 28 Agosto 2011
  • 04 Setembro 2011
  • 11 Setembro 2011
  • 18 Setembro 2011
  • 25 Setembro 2011
  • 02 Outubro 2011
  • 09 Outubro 2011
  • 16 Outubro 2011
  • 23 Outubro 2011
  • 30 Outubro 2011
  • 06 Novembro 2011
  • 13 Novembro 2011
  • 20 Novembro 2011
  • 27 Novembro 2011
  • 04 Dezembro 2011
  • 11 Dezembro 2011
  • 18 Dezembro 2011
  • 25 Dezembro 2011
  • 01 Janeiro 2012
  • 08 Janeiro 2012
  • 15 Janeiro 2012
  • 22 Janeiro 2012
  • 29 Janeiro 2012
  • 05 Fevereiro 2012
  • 12 Fevereiro 2012
  • 19 Fevereiro 2012
  • 26 Fevereiro 2012
  • 04 Março 2012
  • 11 Março 2012
  • 18 Março 2012
  • 25 Março 2012
  • 01 Abril 2012
  • 08 Abril 2012
  • 15 Abril 2012
  • 22 Abril 2012
  • 29 Abril 2012
  • 06 Maio 2012
  • 13 Maio 2012
  • 20 Maio 2012
  • 27 Maio 2012
  • 03 Junho 2012
  • 10 Junho 2012
  • 17 Junho 2012
  • 24 Junho 2012
  • 01 Julho 2012
  • 08 Julho 2012
  • 15 Julho 2012
  • 22 Julho 2012
  • 29 Julho 2012
  • 05 Agosto 2012
  • 12 Agosto 2012
  • 19 Agosto 2012
  • 26 Agosto 2012
  • 02 Setembro 2012
  • 09 Setembro 2012
  • 16 Setembro 2012
  • 23 Setembro 2012
  • 30 Setembro 2012
  • 07 Outubro 2012
  • 14 Outubro 2012
  • 21 Outubro 2012
  • 28 Outubro 2012
  • 04 Novembro 2012
  • 11 Novembro 2012
  • 18 Novembro 2012
  • 25 Novembro 2012
  • 02 Dezembro 2012
  • 09 Dezembro 2012
  • 16 Dezembro 2012
  • 23 Dezembro 2012
  • 30 Dezembro 2012
  • 06 Janeiro 2013
  • 13 Janeiro 2013
  • 20 Janeiro 2013
  • 27 Janeiro 2013
  • 03 Fevereiro 2013
  • 10 Fevereiro 2013
  • 17 Fevereiro 2013
  • 24 Fevereiro 2013
  • 03 Março 2013
  • 10 Março 2013
  • 17 Março 2013
  • 24 Março 2013
  • 31 Março 2013
  • 07 Abril 2013
  • 14 Abril 2013
  • 21 Abril 2013
  • 28 Abril 2013
  • 05 Maio 2013
  • 12 Maio 2013
  • 19 Maio 2013
  • 26 Maio 2013
  • 02 Junho 2013
  • 09 Junho 2013
  • 16 Junho 2013
  • 23 Junho 2013
  • 30 Junho 2013
  • 07 Julho 2013
  • 14 Julho 2013
  • 21 Julho 2013
  • 28 Julho 2013
  • 04 Agosto 2013
  • 11 Agosto 2013
  • 18 Agosto 2013
  • 25 Agosto 2013
  • 01 Setembro 2013
  • 08 Setembro 2013
  • 15 Setembro 2013
  • 22 Setembro 2013
  • 29 Setembro 2013
  • 06 Outubro 2013
  • 13 Outubro 2013
  • 20 Outubro 2013
  • 27 Outubro 2013
  • 03 Novembro 2013
  • 10 Novembro 2013
  • 17 Novembro 2013
  • 24 Novembro 2013
  • 01 Dezembro 2013
  • 08 Dezembro 2013
  • 15 Dezembro 2013
  • 22 Dezembro 2013
  • 29 Dezembro 2013
  • 05 Janeiro 2014
  • 12 Janeiro 2014
  • 19 Janeiro 2014
  • 26 Janeiro 2014
  • 02 Fevereiro 2014
  • 09 Fevereiro 2014
  • 16 Fevereiro 2014
  • 23 Fevereiro 2014
  • 02 Março 2014
  • 09 Março 2014
  • 16 Março 2014
  • 23 Março 2014
  • 30 Março 2014
  • 06 Abril 2014
  • 13 Abril 2014
  • 20 Abril 2014
  • 27 Abril 2014
  • 04 Maio 2014
  • 11 Maio 2014
  • 18 Maio 2014
  • 25 Maio 2014
  • 01 Junho 2014
  • 08 Junho 2014
  • 15 Junho 2014
  • 22 Junho 2014
  • 29 Junho 2014
  • 06 Julho 2014
  • 13 Julho 2014
  • 20 Julho 2014
  • 27 Julho 2014
  • 03 Agosto 2014
  • 10 Agosto 2014
  • 17 Agosto 2014
  • 24 Agosto 2014
  • 31 Agosto 2014
  • 07 Setembro 2014
  • 14 Setembro 2014
  • 21 Setembro 2014
  • 28 Setembro 2014
  • 05 Outubro 2014
  • 12 Outubro 2014
  • 19 Outubro 2014
  • 26 Outubro 2014
  • 02 Novembro 2014
  • 09 Novembro 2014
  • 16 Novembro 2014
  • 23 Novembro 2014
  • 30 Novembro 2014
  • 07 Dezembro 2014
  • 14 Dezembro 2014
  • 21 Dezembro 2014
  • 28 Dezembro 2014
  • 04 Janeiro 2015
  • 11 Janeiro 2015
  • 18 Janeiro 2015
  • 25 Janeiro 2015
  • 01 Fevereiro 2015
  • 08 Fevereiro 2015
  • 15 Fevereiro 2015
  • 22 Fevereiro 2015
  • 01 Março 2015
  • 08 Março 2015
  • 15 Março 2015
  • 22 Março 2015
  • 29 Março 2015
  • 05 Abril 2015
  • 12 Abril 2015
  • 19 Abril 2015
  • 26 Abril 2015
  • 03 Maio 2015
  • 10 Maio 2015
  • 17 Maio 2015
  • 24 Maio 2015
  • 31 Maio 2015
  • 07 Junho 2015
  • 14 Junho 2015
  • 21 Junho 2015
  • 28 Junho 2015
  • 05 Julho 2015
  • 12 Julho 2015
  • 19 Julho 2015
  • 26 Julho 2015
  • 02 Agosto 2015
  • 09 Agosto 2015
  • 16 Agosto 2015
  • 23 Agosto 2015
  • 30 Agosto 2015
  • 06 Setembro 2015
  • 13 Setembro 2015
  • 20 Setembro 2015
  • 27 Setembro 2015
  • 04 Outubro 2015
  • 11 Outubro 2015
  • 18 Outubro 2015
  • 25 Outubro 2015
  • 01 Novembro 2015
  • 08 Novembro 2015
  • 15 Novembro 2015
  • 22 Novembro 2015
  • 29 Novembro 2015
  • 06 Dezembro 2015
  • 13 Dezembro 2015
  • 20 Dezembro 2015
  • 27 Dezembro 2015
  • 03 Janeiro 2016
  • 10 Janeiro 2016
  • 17 Janeiro 2016
  • 31 Janeiro 2016
  • 07 Fevereiro 2016
  • 14 Fevereiro 2016
  • 21 Fevereiro 2016
  • 28 Fevereiro 2016
  • 06 Março 2016
  • 13 Março 2016
  • 20 Março 2016
  • 27 Março 2016
  • 03 Abril 2016
  • 10 Abril 2016
  • 17 Abril 2016
  • 24 Abril 2016
  • 01 Maio 2016
  • 08 Maio 2016
  • 15 Maio 2016
  • 22 Maio 2016
  • 29 Maio 2016
  • 05 Junho 2016
  • 12 Junho 2016
  • 19 Junho 2016
  • 26 Junho 2016
  • 03 Julho 2016
  • 10 Julho 2016
  • 17 Julho 2016
  • 24 Julho 2016
  • 31 Julho 2016
  • 07 Agosto 2016
  • 14 Agosto 2016
  • 21 Agosto 2016
  • 28 Agosto 2016
  • 04 Setembro 2016
  • 11 Setembro 2016
  • 18 Setembro 2016
  • 25 Setembro 2016
  • 02 Outubro 2016
  • 09 Outubro 2016
  • 16 Outubro 2016
  • 23 Outubro 2016
  • 30 Outubro 2016
  • 06 Novembro 2016
  • 13 Novembro 2016
  • 20 Novembro 2016
  • 27 Novembro 2016
  • 04 Dezembro 2016
  • 11 Dezembro 2016
  • 18 Dezembro 2016
  • 25 Dezembro 2016
  • 01 Janeiro 2017
  • 08 Janeiro 2017
  • 15 Janeiro 2017
  • 22 Janeiro 2017
  • 29 Janeiro 2017
  • 05 Fevereiro 2017
  • 12 Fevereiro 2017
  • 19 Fevereiro 2017
  • 26 Fevereiro 2017
  • 05 Março 2017
  • 12 Março 2017
  • 19 Março 2017
  • 26 Março 2017
  • 02 Abril 2017
  • 09 Abril 2017
  • 16 Abril 2017
  • 23 Abril 2017
  • 30 Abril 2017
  • 07 Maio 2017
  • 14 Maio 2017
  • 21 Maio 2017

  • Boas festas e prazos de validade

    Uma coisa que sempre me intrigou é saber qual é o meu prazo de validade como cliente de uma organização qualquer.
    Eu explico, se não adivinharam já:
    Quando o alvo (que sou eu, com o devido sorriso alvar) compra um determinado bem ou serviço e paga o seu próprio cartão de boas-festas, é certo que o receberá nesse próximo natal.
    O que já não é muito provável é que o receba de novo no natal seguinte.
    Mas por vezes, ao fim de um lustro ainda recebe os votos de um próspero ano novo.
    Estou convencido de que há uma fórmula secreta qualquer para calcular esse prazo.
    Não, não tenho comprado coisas a prestações. Se assim fosse, eu ainda percebia que eles não se esquecessem de mim.
    Uma das vezes até foi embaraçosa, porque os moços tinham lá o meu nome e a morada de uma antiga namorada e fizeram o obséquio de mandarem o cartãozinho para os pais dela. Fui interpelado na rua e lá expliquei porque é que uns tipos que alugavam apartamentos me tinham mandado as boas festas para a morada deles.
    Mas há uma que me deixa perplexo:
    Porque é que a minha mãe recebeu sete cartões exactamente iguais da mesma empresa, no natal passado?
    Cada vez que me convenço mais que a tal fórmula é uma função da margem de lucro.




    Um apoio habitual



    E não se lembrou de que a única coisa que apoiava aquela pedra era o hábito.




    Na noite manhã



    Um concurso na rádio.
    Sobre Portugal.
    Perguntas para camionistas, que correm ceca e meca.
    Primeira pergunta – Quais são os rios que confluem em Constância?
    O Tejo. Essa sei eu.
    Pois... e o outro qual é?
    O outro? O Tejo sei, o outro? O outro?
    Sim, são dois rios...
    Outro rio?
    Z... Z.... Zê....Zêze...
    O Zêzere?
    Claro.
    Segunda pergunta (para outro concorrente) – Quantas ilhas tem o arquipélago dos Açores?
    (Risos)
    Para aí nunca fui.
    (Mais risos)
    E não sabe quantas são?
    Não.
    Bem, como já ajudei o outro... quem de dez tira um...
    Nove.
    Muito bem, vamos a outra (para o primeiro concorrente) – A que promontório está ligado o nome do Infante Dom Henrique?
    ....
    Não sabe?
    Se eu soubesse o que é um promontório...
    Não sabe o que é um promontório?
    Não.
    E você (para outro concorrente)?
    O outro sabia.

    Há anos, ouvi alguém responder “O Mistério da Batalha”.

    Há tanta coisa que eu também não sei.

    imagem de http://www.tieh.fi/alk/english/kelikamerat/kamera-LZ.html



    Retábulo em quase dia de todos os santos




    Quando encaixa



    uma coisa na cabeça, o V.H. é lixado.
    Perguntou-me hoje:
    “Olha lá, quem é que disputou as eleições no Benfica com o Dr. Vilarinho?”
    Vi logo que aquilo não era pergunta. Era um requerimento. Bastou-me olhar para a cara do parceiro que estava com ele a beber uns Favaios.
    Não me deu tempo de responder. Olhando para o outro com um ar ameaçador, fingia dirigir-se a mim: “Foi o Bush, não foi?”



    Gasolim e as passagens




    Pára-quedistas II

    Mantendo-me nesta presunção de que sou seguido, monitorizado e me encontro prestes a defrontar-me com o sinistro agente galego, resta-me deixar aqui as pistas para que os meus amigos me possam vingar no caso do desenlace ser fatal.
    Desde 12 de Outubro, em que surgiu ameaçador, levantando o véu sobre o local onde pretenderia levar a cabo a sua acção (túnel das Fontaínhas, em Setúbal), aconteceu o seguinte:

    Do Brasil, a 20 deste mês, com a maior ausência entre contactos até agora, por certo devida ao meu alerta nestas páginas, faz uma ameaça digna de Joker:
    - filme Disney de inundação
    No dia seguinte, já em Portugal, referencia-me historicamente ao volante de um
    - sado carro portugues
    Reparem na sequência: Setúbal, inundação, Sado. Creio tratar-se de algum tipo de código que decerto escaparia à equipa de Turing.
    E logo no outro dia, de volta ao Brasil não me dá um conselho, mas um concelho:
    - concelho ultramarino
    Se pudesse escolher, escolheria o de Mocimboa da Praia.
    Mas fico-me nas covas, não é um concelho nem um conselho, é uma ameaça: Dou-te um conselho, Ultramarino!...
    E lá está, Setúbal outra vez. Se isto não é um sinal, então não sei o que é.
    Porque no mesmo dia, diz:
    - postais antigos setubal
    E um dia depois, repete-se e de novo em maiúsculas:
    - SALSAPARRILHA
    O que significa que salsaparrilha ou é algum tipo de senha, ou o vil disfarce de que pretende fazer uso, como já receava lá atrás.
    Ainda nessa data, um enigmático:
    - rapaz de olhos azul en braganca
    Estávamos no rescaldo do disparate que todos sabem. E reparem num pequeno pormenor, enganou-se no en e não pôs cedilha, traindo assim a influência castelhana.
    Dois dias depois, segue a mesma linha, já claramente identificado com o disparate da revista americana:
    - rapaz semi nu fotos
    Ou quem sabe querendo abrir outras frentes. Sai-lhe o tiro pela culatra.
    E a 26, dia a seguir, talvez uma nova ameaça à Joker:
    - imagens de sismos
    A 28, mostra conhecer bem os meus interesses mais uma vez:
    - história das pontes
    Ficamos sem saber quais, é certo. Se são de hidrogénio, se de fim-de-semana. Mas acerta na mouche.
    E a 29, com uma precisão cirúrgica. Não gosto nada desta expressão, mas já está, paciência:
    - escaparates en los campos eliseos de paris
    Se se derem ao trabalho de repetir a experiência, verão que esta página é a única em língua portuguesa que aguenta o embate. O estranho da coisa é que ele está então no Perú.
    No mesmo dia, extraordinariamente, usa o Sapo:
    - fornalhas velhas
    Não acredito que seja uma ameaça de cremação, mas sim uma referência toponímica. Sabe que eu conheço, que já lá entrei nos cafés e mais do que isso, deve estar a par da célebre excursão das cabeças de borrego.
    E logo depois, a 30, que é hoje, uma barragem. Primeiro, pede-me uma
    - resenha ford
    da minha história ao volante. Sabe então do Escort e dos outros que me passaram pelas mãos: as Transit, o Cortina, os Fiestas, etc. Fique à espera, sentado.
    Depois, vulgariza-me:
    - Zé Povinho
    Não se sabe como, volta ao Brasil e Procurou? Zoom, achou. Outra vez, eu não digo?
    - salsaparrilha
    agora em minúsculas, para disfarçar.
    Ainda no Brasil, retoma o mote revisteiro:
    - amadora mulheres nuas
    Talvez uma ameaça de tortura diferente. É possível. Quase me alicia para a boca do lobo.
    Termina com isto:
    - jantes porto
    Ok, já não volto ao Porto sem me certificar que os parafusos das rodas estão bem apertados.
    Mas será o porto de Setúbal?
    Se eu não voltar aqui, já sabem o que têm a fazer.



    Outro apontamento sobre a memória

    No último post falei de um tempo em que não havia telemóveis. Foi uma força de expressão.
    Já existia o Serviço Móvel Terrestre dos CTT. Havia carros com telefone, embora o sistema fosse outro.
    O que é curioso é que ao procurar dados sobre isso, parece que tudo começou na década de 90.
    Nem uma palavra sobre o antigo serviço.
    As coisas parece que só existem ou existiram se houver delas registo. Se só estiverem na cabeça de meia-dúzia de elefantes, é porque nunca existiram.
    Mas não haverá registos em algum lado deste serviço?
    Quantos assinantes tinha em 1970?
    Eu cá gostava de saber.
    Também ninguém sabe "A Portuguesa" do princípio ao fim. Toda a gente conhece apenas um terço.
    E, todavia, vinha nos livros da escola.
    Tal como o indicativo do Serviço Móvel Terrestre vinha na lista telefónica.
    Mistérios.



    The serial trouble maker

    Tudo começa por um acaso.
    O primeiro que se lembrou de assar um porco, não se lembrou. Apanhou-o meio tostado das cinzas de um incêndio.
    Ao nosso amigo B.S. aconteceu-lhe o mesmo.
    Arranjou um trinta-e-um no casamento do irmão, com os carros (nesse tempo não havia telemóveis, é claro), que acabou por conduzi-lo à igreja numa carrinha do Gazcidla.
    Um incidente assim tornou-o célebre. E ao casamento do irmão, também.
    Então do que é que ele se lembrou?
    De fazer vida disso. De fazer vida, não é bem. Ia-se divertindo.
    Decidiu ser um criador de incidentes célebres.
    Dizia ele que para um incidente ser célebre, tinham que se respeitar dois aspectos essenciais:
    Fazê-lo numa data marcante, mas nunca num funeral, e torná-lo completamente inesperado.
    Ora a coisa resumia-se a casamentos, baptizados, inaugurações e pouco mais.
    E não havia ocasião dessas em que todos não estivessem de olho nele. O que lhe dificultava muito as coisas.
    Respondia sempre com o ar superior que um infeliz acaso, lá para trás, lhe conferira: “Marcado é que a coisa se torna aliciante. Já viram algum bom avançado, que não seja bem marcado?”
    Em matéria de casamentos, fez o que pode.
    Foi o célebre grito de Fornos de Algodres, aos ouvidos dos pais da noiva: “Mas esta não é a Cristina!”
    Foi o ter conduzido o fotógrafo a tirar uma foto da noiva ao lado de um chafariz onde se podia ler “Imprópria para consumo”.
    Foi ainda ter trancado com correntes grossíssimas a garagem onde se guardava o carro de cerimónia.
    Mas nada que lhe trouxesse a fama a que verdadeiramente aspirava.
    Um dia, teve a sua oportunidade.
    Um programa de rádio dispunha-se a felicitar aniversariantes, às primeiras horas do dia, desde que alguém das suas relações se dispusesse a entrar no ar e a acordar por telefone a pessoa em causa.
    B.S. ligou para a rádio, deu os seus dados e disse que queria acordar a irmã, a qual não via há alguns anos, pois estava casada com um gajo americano cheio da massa e não passava cartão a pelintras. Não foi bem isto que ele disse, mas pronto.
    A coisa ficou marcada para o aniversário da irmã, daí a umas semanas.
    Uma semana depois, voltou a ligar para a rádio, choroso, a contar como os pais tinham falecido num desastre de viação.
    Perguntaram-lhe se ainda assim, queria manter a chamada para a irmã.
    Disse que sim, que afinal era uma forma de lhe mostrar afecto e que o cunhado até parecia ser bom tipo. Tinha-o visto pela primeira vez no dia do funeral.
    No dia aprazado, o telefone tocou em directo na rádio. Era a chamada prévia para casa de B.S., para se estabelecer a ligação com a irmã.
    Tocou, tocou, tocou.
    Então ouviu-se uma voz rouca dizer: “It’s ok. The job is done, I’m out of here.”

    a imagem utilizada tem uma origem que já não consigo identificar, mais uma vez as minhas desculpas



    Às vezes

    as máquinas decidem saudar-nos



    sem que saibamos porquê






    Gasolim e as estradas



    e o meu corcel de trabalho lá ao fundo



    Ainda o Gasolim (não é narcisismo, não)

    Quem fizer a pesquisa deste nome, encontra diversas entradas para o meu blogue; gentilezas de quem me citou; duas brincadeiras de garotos (uma delas, uma cópia de um post devidamente assinalada); o tal censo de 1870; uma ou duas gralhas que se percebem facilmente e um endereço .jp.
    Ora aqui é que está o busílis da questão. Desde que tenho conta aberta no Hotmail como Gasolim que recebo um spam não em japonês, mas em coreano. Alguém me explica isto?



    Caramba, meus caros

    Não é segredo nenhum que quando o indígena se dispõe a escrever aqui umas coisas, espera sempre que haja alguém algures que lhe aprecie a prosa.
    E como, passe a imodéstia, les beaux esprits se rencontrent, ocorre que o indígena, sem favor algum, aprecia também os seus pares.
    Ora porra, no espaço de dois dias, os meus amigos subterrâneos (a nossa anónima familiariedade andava pelos mails e pelo MSN) fazem-me a partida.
    Primeiro, um prémio. Depois, um repto.
    E agora, Gasolim?
    Agora, o seguinte:
    Quanto ao prémio, minha cara Lilian, fico à espera de mais. E mais, é mais escrita, mais impressões do outro lado do mar, de que ouço toda a gente falar e não conheço. Mais, é mais de um olhar sobre coisas que pressinto e nunca vi, de emoções de juventude que já lá vão e que podemos ler na vida dos outros, ainda que mal o façamos.
    Quanto ao repto, meu caro Anarcka, fico à rasca. Lembro-me bem dos chícharos, do jantar de chícharos, com carne de porco. Diz a minha mãe que se semeavam lá na horta do monte, era produção própria. Nunca mais comi tal iguaria. A bem dizer, nem me lembro de os ver à venda.
    E já que falamos disso, o que é feito da sopa de acelgas, da sopa de beldroegas com queijo de cabra, da sopa de poejo com talhadas de toucinho?
    E dos agriões da ribeira?
    E começou a nossa polémica com a cantada Albergaria dos Doze. Que grande desvantagem a minha, alentejano charnequeiro, face a quem é originário das redondezas!
    Vá, continuem, não me deixem a falar sozinho.



    Outonal




    Gasolim C Walker

    Já aqui referi a curiosidade de ter existido pelo menos um indivíduo com o nome que adoptei.
    Só soube disso este ano, quando o nome me apareceu a primeira vez numa pesquisa.

    Gasolim era aparentemente um empregado de um tal Waterman, em Mount Vernon, Illinois.
    E teria nascido em 1848 ou 1849, filho de mãe estrangeira.
    Tinha 21 anos à data do censo, em 1870.

    O curioso do nome associa-se decerto à fabricação de gasolina. Ora, as referências que encontrei, a esta palavra, datam-na dos meados do século XIX, mas apontam para 1865.
    Assim, levantam-se as seguintes dúvidas:

    1 – O homem chamar-se-ia mesmo Gasolim?
    2 – A chamar-se assim, seria por uma razão diferente da ligada ao aparecimento da gasolina?
    3 – Terá esta designação surgido anteriormente à data apontada?
    4 – Seria apenas uma alcunha, oficializada no censo?
    5 – Haverá qualquer outra explicação? E precisa haver?




    Totalitarismos

    100% Gasolim aqui ou acolá



    Camões e eu



    Sobolos rios que vão



    E chove




    What happened to

    O leão de Rio Maior
    O toureiro solitário
    Os Campos Elíseos (do sopé de Monsanto)
    Os programas de rádio para o mundo rural
    A bola Nivea
    A mira técnica



    São Rústico

    Nunca sei qual é o seu dia.
    Falo do São Rústico, o decapitado, meu padroeiro. Por que ele parece que há outros.
    Há uns anos, uma agenda apontava para 26 de Outubro, o dia de hoje.
    Numa pesquisa Google, aparece para 2001, a data de 9 deste mês.
    Não me interessa.
    Não é todos os dias que um santo beija a própria cabeça depois de a apanhar do chão, para morrer em seguida aos pés de uma mulher.
    Na imagem, no entanto, a dita senhora não figura. Só os mártires Dinis, Eleutério e Rústico e os seus algozes.



    Tenho este em meu apoio e não consigo descobrir de onde é que tirei a iluminura, as minhas desculpas.



    Assim

    Vejo-me obrigado a divulgar mais uma lista de pesquisas pára-quedistas que aqui aterrou...
    São adequadas no disparate ao lugar disparatado que este é.